34º semana de gestação


34ª semana de gestação


A gestante

Nessa semana a mamãe continua sentindo as contrações indolores. Estas são conhecidas como falso trabalho de parto. É importante ficar atenta a essas contrações, pois se for mais que quatro contrações por hora durante o descanso podem indicar o parto prematuro.

O bebê

O bebê se prepara para o parto! Com 36cm e 2,3kg, o bebê está com a pele lisa e o sistema imunológico dele evolui. Apesar dos ossos já estarem fortificados, os do crânio não estão conectados, que é para facilitar a sua passagem pelo canal vaginal na hora do parto.

É BOM SABER

Próximo ao parto e com esse barrigão, você se sentirá cada dia mais cansada e sem fôlego. Não poderá fazer exercício físico e por isso irá precisar de alguém que a ajude. Mãe, sogra, irmã, empregada… É bom contar com alguém para ajudá-la nos serviços domésticos.

EXAMES DESSA FASE:

Triagem de estreptococo beta-hemolítico (Entre a 34ª e a 37ª semana de gestação): Trata-se da análise laboratorial de uma amostra de secreção vaginal e outra do reto para rastreio de uma eventual infecção causada pela bactéria estreptococo do grupo B, que pode ser passada para o bebê durante o nascimento e provocar até a morte do recém-nascido. O tratamento, para os casos positivos, consiste na administração de antibióticos para a gestante no dia do parto. 

Ultrassonografia do terceiro semestre: Esse exame é importante para acompanhar o tamanho, o peso e a posição do feto. Ele também avalia a maturidade da placenta e a quantidade de líquido amniótico. Pode ser realizado com tecnologia Doppler, um recurso que facilita a detecção de problemas na gestação. O número de ultrassonografias no último trimestre de gravidez depende das necessidades de cada paciente e da conduta particular do médico, portanto, esse exame poderá ocorrer mais de uma vez. 

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo